Follow @scksandy
“Eu era um palerma. Ela era apaixonante. Eu era irremediavelmente sem graça. Ela era infinitamente fascinante. Então voltei para o meu quarto e desabei no beliche de baixo, pensando que, se as pessoas fossem chuva, eu seria garoa e ela, um furacão.”
Quem é você, Alasca? 
“Sou um livro gigante, cheio de folhas escritas com palavras tortas, meio rabiscado, cheio de erros e cansativo demais para ser lido até o fim.”
Fernanda Gomes. 
“Confesso que me dá uma saudade irracional de você. E tenho vontade de voltar atrás, de ligar, de te dizer mil coisas, e cair em suas mãos, sem me importar com nada, simplesmente entregar-te meu coração. Mas não, renuncio, me controlo e digo para mim mesmo que não é assim, que não pode ser, que você se foi, e não volta.”
Caio Fernando Abreu 
“Foi difícil pra mim, sabe? Ter que dizer adeus para nós, ter que deixar você ir, foi realmente uma das coisas mais difíceis que eu tive que fazer, mas eu fiz, eu cortei todos os laços e fios que nos ligavam, e aquilo doeu, doeu como bater o dedinho na quina da mesa, porém doeu mais, desinterligar os fios que nos ligavam doeu bem mais. Eu tive que fazer, não porque eu quis, mas porque foi preciso, as vezes, é preciso deixar algumas coisas irem embora, mas isso não significa que você deixou de amar, de gostar, e de desejar, isso faz você sentir tudo isso em dobro. Ver você ir embora, chorando, foi como se alguém partisse meu coração em duas partes, uma você levou, e a outra, bem, ficou comigo, assim como nossas memórias, nossos sonhos, tudo que nós construímos. Espero no fundo do meu puro coração, que você entenda, e que me perdoe algum dia, de alguma forma, por ter entrado na tua vida, e também no teu coração. Eu não deixei de te amar, mas acho que aos poucos, esse amor vai acabando, ou aumentando, e o que resta é a saudade, a maldita saudade, mas antes mesmo de você partir, eu já comecei a sentir saudades, eu te amei, apesar de tudo, te amei verdadeiramente. Me perdoe, mas é nosso fim, nossos fios agora, estão verdadeiramente cortados, tudo que nos ligava está desaparecendo aos poucos, a talvez, amanhã de manhã nem exista mais, ou então existirá em dobro.”
Carta de despedida.  
“— Abre o jogo então… O que você quer que eu faça?
— Eu quero que você lute por mim, é isso que eu quero.”
Gigantes de Aço. 
“Gosto de gente que me aceita, que me atura, que não reclama de mim, ou que reclama mas continua. Gosto de gente que aceita falar de qualquer assunto, que não é fresca, gente que se sente bem ao meu lado. Gosto de gente que não me faz perguntar se estou incomodando, se preciso sair. Gosto de gente que eu não preciso chamar pra vir, que eu não preciso dizer pra ela ler no meu olhar. Gosto de quem está comigo por ser quem eu sou, de quem me ouve por horas e mesmo assim não se cansa de dar o ombro pra eu apoiar. E gosto, acima de tudo, de gente que permanece.”
João Pedro Bueno
“Eu poderia te abraçar a noite toda, sem exageros. Poderia te olhar dormir e brincar com seus cabelos até o dia amanhecer. Cuidaria de você sem pegar no sono, estaria sorrindo quando você acordasse. Eu te amaria por dez anos em apenas uma semana, adoraria abraçar você no final de cada briga besta, ouviria você contar seus sonhos estranhos. Te aceitaria assim, exatamente como você é, sem reclamar do mau humor matinal ou dos dramas. Ficaria do seu lado, mesmo quando o orgulho não me deixar dizer nenhuma palavra. Pensaria em você várias vezes por dia, mas sempre te deixaria no meu coração. Sorriria por você, para você e com você. Incondicionalmente, te deixarei ser eterno em mim, até mesmo quando isso doer tanto e a vida parecer não ter mais sentido. Prometo ser teu, até mesmo quando você não quiser ou merecer, de dia, de noite, de longe. Seu, apenas seu. Sempre.”
A culpa é mesmo das estrelas? 
“Ela estava farta de idas e vindas em sua vida. Ela queria alguém chegasse e permanecesse ali, alguém que lhe dissesse coisas bonitas e verdadeiras; que lhe abraçasse nos dias ruins, que lhe fizesse feliz e completa. Ela queria coisas tão simples; abraços, beijos, afagos e um pouco de amor. Alguém que ficasse por se sentir bem ao seu lado, e que não julgasse “corresponder” como uma obrigação. Alguém que se expressasse por sorrisos, que entendesse uma lágrima e que voltasse depois de dizer “tchau”. Ela só queria alguém que tivesse coragem de permanecer.”
Eternue & Deprimentes.   
“E depois de um tempo eu entendi que esquecer não significava ignorar uma chamada no telefone, nem evitar reencontros casuais. Eu descobri que quando você esquece, atende o telefone e sua voz não falha, que reencontros casuais não mais faziam as pernas tremerem. Eu descobri que o lado mais triste do amor, é não sentir mais nada.”
But, I like you.   
“Mas cara você pode ficar com várias, sair com muitas, rir e se distrair com tantas pessoas, mas não adianta, o seu coração escolhe uma única para amar, e mesmo que você passe o dia todo sorrindo, a falta daquela pessoa pesa.”
Frankfurt 1992 - aventurador. 
“A gente é certo um pro outro, mas é errado pra ficar junto. A gente não se merece, não combina. Mas, sei lá, não parece certo ficar separado. Do mesmo jeito que parece totalmente errado ficar junto. Tem tudo pra dar certo. Mas é que a gente só sabe fazer dar errado.”
robin and stubb. 
“Tem coisa que não volta, por mais que a gente queira. Você pode até tentar voltar o disco, repetir a música, insistir na letra, cantar o mesmo refrão por mil e um minutos, fechar os olhos. Tem sentimento que não volta. Mesmo que você se esforce, recorde, tente voltar a página, refrescar o coração. Alguns sentimentos são bem pontuais: chegam, esperam pra ver se devem ficar e decidem partir ou continuar.”
Tati Bernardi.

html por suffixyou